Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2011

 

Já conhecíamos a aldeia dos irredutíveis gauleses, onde os seus castiços habitantes caçavam javalis, coleccionavam menires e resistiam às legiões romanas graças a uma milagrosa poção mágica.

Agora foi-nos dado a conhecer a aldeia do BPN, onde os seus não menos castiços habitantes celebram amizades de muitos anos, passam férias juntos e resistem à passagem de um tempo construído por ligações pessoais e políticas pouco transparentes e ainda menos recomendáveis, negócios com dinheiros de offshores e lucros fabulosos de operações realizadas com entidades fraudulentas.

Foi o dado mais interessante que saiu desta campanha. Para melhor conhecermos os nossos mitos. E para desmontar, pedra por pedra, uma certa ideia de uma idade de ouro.



publicado por André Salgado às 17:48 | link do post | comentar

andré salgado

miguel cabrita

paula mascarenhas

correio.da.vida@gmail.com

Ligações
arquivos

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

tags

aborto; psd

arbitragem

assunção cristas

benfica

catroga

cavaco silva

cds

concertação social

contradições

cortes

crescimento económico

crise

despesa pública

direitos dos animais

economia

eleições francesas

enriquecimento ilícito

estruturalismo

fcp

futebol

grécia

hollande

iva

labour

merkel

milliband

música

ocde

passos coelho

paulo portas

pcp; jerónimo de sousa

portugals

psd

relvas

sporting

tsu; psd; segurança social

ue

uk

vitor gaspar; schauble; conversa privada

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds